Envio de denuncia

Preencha o formulário abaixo para enviar sua denuncia.



    ...

    Home Notícias Brasil ultrapassa a marca de 400 mil ...

    Brasil ultrapassa a marca de 400 mil mortes por Covid-19:uma triste e lamentável realidade que preocupa o Sinmed-MG

    Publicado em 30 de abril/2021.

    Na quinta-feira, 29 de abril, o Brasil atingiu a marca de 400 mil pessoas que perderam a vida em decorrência da Covid-19. Um número alarmante e preocupante que coloca o país em segundo lugar do mundo com mais mortes pela doença, ficando atrás apenas dos Estados Unidos.

    O Sindicato dos Médicos de Minas Gerais lamenta por esse triste momento de pandemia no Brasil e destaca, assim como nas centenas de vezes que já se expressou à mídia e aos gestores, sua preocupação com a falta de ações efetivas por parte dos gestores para que haja controle da Covid-19 no país.

    Mesmo com a pequena desaceleração do contágio nos últimos dias, levando à flexibilização de medidas em todo o país, a gravidade da doença ainda atinge os quatro cantos do Brasil e eleva, dia após dia, o índice de mortes assim como a ocupação de leitos das UTI’s.

    Há mais de um ano, vivemos momentos dramáticos na saúde com agravamento da pandemia, falta de leitos, sobrecarga de profissionais, cenas tristes de pacientes aguardando vagas e a tristeza daqueles que perderam familiares em decorrência da doença.

    A vacinação acontece em passos lentos pois o Brasil demorou a firmar contratos com os fabricantes e hoje  a falta de doses tem provocado atrasos e interrupções no plano de imunização. Em Minas Gerais, nem mesmo os profissionais de saúde foram vacinados em sua totalidade!

     Por isso, o sindicato tem insistentemente lutado junto à Justiça para buscar a garantia de imunização, já que o diálogo com as gestões tem sido insuficiente para o cumprimento dessa meta. E com isso, médicos e outros profissionais da saúde ainda não vacinados ficam expostos ao vírus, adoecem e morrem, contribuindo assim para a desassistência.

    Nesse período de pandemia, o Sinmed-MG caminhou todos os dias em busca de solução efetiva de controle da doença, pensando na importância de cuidado e valorização dos profissionais da saúde e da assistência à sociedade.

    E hoje, nossa principal reflexão é para que hajam verdadeiramente políticas de saúde adequadas para conter a pandemia e o reforço da contribuição da população , mantendo o distanciamento social, fazendo uso da máscara e higienizando sempre as mãos com água e sabão ou álcool em gel, mesmo que já tenha sido vacinado.

    Expressamos aqui a nossa solidariedade a todas as famílias que perderam vidas e aos nossos colegas médicos que faleceram, atuando na linha de frente e prestando assistência à saúde da população.