Envio de denuncia

Preencha o formulário abaixo para enviar sua denuncia.



...

Home Notícias Médicos do Hospital Risoleta Tolentin...

Médicos do Hospital Risoleta Tolentino Neves participam de assembleia para definir as pautas de negociação do Acordo Coletivo de Trabalho 2021/2022

Publicado em 27 maiio/2021.

Médicos do Hospital Risoleta Tolentino Neves, vinculados à Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa  (FUNDEP), participaram, dia 25 de maio, de assembleia conduzida pelo Sinmed-MG para deliberar sobre a celebração de Acordo Coletivo de Trabalho 2021/2022. O sindicato apresentou uma proposta complementada pelos médicos presentes.

O  objetivo do ACT é  ampliar os  benefícios dos médicos celetistas, que são regidos pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).  Desde 2019, o sindicato tem intermediado os acordos dos médicos do Risoleta,  buscando adequar benefícios, direitos e deveres à realidade  do trabalho da categoria, com vários ganhos obtidos.

Os médicos foram informados sobre a importância de serem filiados, para maior representatividade dos pleitos junto à FUNDEP. Foram destacados alguns dos benefícios oferecidos como a assistência jurídica prestada por escritório de advocacia parceiro ao Sinmed-MG para o médico que atua como pessoa jurídica; defesa profissional em processos de erro médico tanto no âmbito jurídico como em processos éticos no CRM-MG; assistência previdenciária, incluindo planejamento previdenciário tanto no Regime Geral como no Regime Próprio de Previdência.

Durante a assembleia, os médicos  relataram que a qualidade da assistência no Risoleta Neves sofreu um grande “baque” com a pandemia. As dificuldades estão em todas as áreas, mas principalmente no Centro de Atendimento à Covid,  com superlotação,  falta de estrutura (com macas muito próximas e dificuldade de uso das áreas comuns), falta de  ventilação e sobrecarga de trabalho.

Ao final foi deliberado que  o Sinmed-MG enviará uma proposta de Acordo Coletivo para a FUNDEP com as seguintes pautas de reivindicações: manter os itens do acordo anterior (2020/2021) celebrado com o Sinmed-MG e incluir pontos importantes levantados na AGE como: reajuste salarial de 7%;  adicional de hora extra de 100%;  adicional noturno de 50% pago sobre toda a extensão da jornada noturna; adicional de insalubridade pago sobre o salário base; adicional de final de semana; adicional de fidelização; adicional Covid; licença- paternidade de 5 para 15 dias e maternidade de 120 para 180 dias, dentre outras pautas que envolvem condições de trabalho.

O sindicato irá ainda questionar a FUNDEP sobre pontos importantes levantados pelos médicos durante a assembleia: mudança no cálculo das férias e 13º salário, demora no pagamento do feriado em dobro, acesso e controle do saldo no banco de horas, condições de trabalho no setor covid, limitação de exames (Gaso), dificuldades de acesso às refeições, sobrecarga de trabalho, quarto de repouso em más condições, dentre outros problemas.