Envio de denuncia

Preencha o formulário abaixo para enviar sua denuncia.



    ...

    Home Notícias O que sua diretoria pode fazer pelo m...

    O que sua diretoria pode fazer pelo médico? Veja a resposta dos nossos diretores e conselheiros Gestão 2021/2025

    Publicado em 8 de julho/2021

    Para dinamizar e fortalecer as diversas áreas de atuação, a estrutura do Sindicato dos Médicos de Minas Gerais abrange, além da presidência e secretaria geral, 21 diferentes diretorias e Conselho Fiscal.  O trabalho coordenado permite a troca de informações entre as áreas, para ampliar o suporte ao médico.

    Fazem parte do estatuto do Sinmed-MG as seguintes diretorias:

    ·         Administrativa

    ·         Campanhas

    ·         Comunicação

    ·         Financeira

    ·         Defesa Profissional

    ·         Delegacias Sindicais e Interiorização

    ·         Formação Sindical e Filiação

    ·         Jurídica Institucional

    ·         Jurídica Associativa

    ·         Mobilização

    ·         Pesquisas e Projetos

    ·         Previdência Social e Aposentados

    ·         Relação com Acadêmicos

    ·         Relações de Trabalho Médico

    ·         Relações Institucionais e Assuntos Legislativos

    ·         Residência Médica

    ·         Saúde do Trabalhador

    ·         Saúde Pública

    ·         Saúde Suplementar

    ·         Sociocultural

    ·         Tecnologia de Informação

    Para dar uma visão melhor do papel de cada área, secretário geral, diretores e conselheiros responderam à pergunta: “O que sua área pode fazer pelo médico?” Acompanhe!

    SINMED-MG GESTÃO 2021/2025

    SECRETARIA-GERAL – Maurício Meireles Góes: “A diretoria eleita do Sindicato dos Médicos de Minas Gerais assume a próxima gestão com o compromisso de  manter a excelência no papel de defesa profissional e do trabalho médico mas também ampliar a atuação nas diversas áreas do Direito e conseguir novas parcerias que realmente trarão benefícios para os filiados. Como secretário-geral o meu papel será de trabalhar junto com o presidente Jordani e toda a diretoria para promover a  garantia das boas condições de trabalho e defesa da saúde da população tanto a nível público como privado”.

    ADMINISTRATIVA – Walnéia Cristina de Almeida Moreira: “Penso que, apesar da diretoria Administrativa ter a função principal de gerir as atividades administrativas e burocráticas do Sinmed, está diretamente ligada a todas as atividades que visam à defesa, orientação e bem-estar do médico”.

    CAMPANHAS – Vanessa Peres Felippe: “A diretoria é responsável pela promoção do trabalho médico na sociedade. É nosso objetivo integrar a diretoria de Campanhas a todas as áreas do sindicato e na sociedade buscando promover melhores condições salariais, de trabalho e a valorização do profissional em todos os seus aspectos”.

    COMUNICAÇÃO – Alex Sander Ribas de Souza: “Acho que o nosso papel é levar para o médico e a sociedade informações relevantes e verdadeiras, sem viés ideológico ou político, buscando sempre defender o interesse da categoria e a melhoria do sistema de saúde. Por meio da comunicação podemos atuar para a melhoria da imagem da medicina, do médico e do nosso trabalho de forma geral”.

    DEFESA PROFISSIONAL – Cleverson Martins Kill: “Estamos há dois anos estruturando a diretoria de Defesa Profissional e temos prestado bons serviços ao médico, cada vez mais exposto a processos éticos e na justiça comum. Gostaríamos de agradecer o apoio para esta nova gestão, em que estaremos ofertando aos nossos filiados serviços mais ampliados com acompanhamento jurídico para que possam se sentir seguros e dedicar-se melhor ao exercício profissional”.

    DELEGACIAS SINDICAIS E INTERIORIZAÇÃO – Elizete de Fátima Rocha: “O principalfoco da diretoria é atender as demandas dos médicos do interior. Meu trabalho na Junta Central de Saúde permite que eu tenha acesso a médicos de todas as regiões de Minas, e vai facilitar muito esse contato”.

    FINANCEIRA – Ariete do Perpétuo Socorro Domingues de Araújo: “A diretoria Financeira cuida de todas as contas do sindicato, dos contratos. É preciso ter sempre o pé no chão, principalmente em período difícil como agora.  Destaco também que no sindicato o diretor não trabalha só atrelado à sua área, eu mesma participo das questões do Estado, sou do Conselho Estadual de Saúde e da Câmara Técnica da PBH. Nosso objetivo é defender o médico”.

    FORMAÇÃO SINDICAL E FILIAÇÃO – André Christiano dos Santos: “Acho que a principal função da diretoria é mostrar a importância do sindicato na vida do médico, e a questão da sustentabilidade da entidade para que ela possa fazer seu trabalho”

    JURÍDICA ASSOCIATIVA – Marconi Soares de Moura: “Entendo que a assessoria jurídica e, quando necessário, a defesa judicial do médico em suas relações de trabalho, tanto individual quanto coletivamente, constituem um dos eixos da missão social do Sinmed-MG. A coordenação dessa atuação é responsabilidade desta diretoria, que conta com a qualidade da equipe de assessores da instituição”.

    JURÍDICA INSTITUCIONAL – Ricardo Hernane Lacerda Gonçalves de Oliveira: “O departamento  Jurídico Institucional  é quem estrutura, organiza e dá sustentáculo técnico  para as medidas jurídicas no sindicato, em ações coletivas ou trabalhistas individuais, por exemplo. Na última gestão tivemos grandes ganhos para os médicos e pretendemos  continuar e aumentar esses ganhos mais ainda daqui para frente”.

    MOBILIZAÇÃO – Cristiano Túlio Maciel Albuquerque: “A diretoria de Mobilização é a que atua diretamente em campo com as bases, fazendo visita a locais de trabalho e buscando conscientizar o médico sobre a importância da mobilização e de estar no sindicato. Também é responsável por receber as demandas  e conduzir as assembleias e os acordos coletivos”.

    PESQUISAS E PROJETOS – Artur Oliveira Mendes: “Em um mundo em constantes mudanças e com demandas novas a cada dia, o movimento sindical precisa se reinventar, trazendo tradicionais discussões ao encontro dos debates mais recentes do mundo do trabalho. A diretoria de Pesquisas e Projetos vai ao encontro dessa necessidade, estudando o contexto e pesquisando caminhos e soluções para o médico. O médico conhece pouco ainda sobre seus direitos e deveres, e pretendemos capacitá-los para que possam ser proteger de práticas de mercado que muitas vezes acabam prejudicando o profissional”.

    PREVIDÊNCIA SOCIAL E APOSENTADOS – Cláudia Helena Ribeiro da Silva: “A diretoria de Previdência Social e Aposentados tem o papel de uxiliar o médico que busca o benefício da aposentadoria, averbação de tempo de contribuição, aposentadoria especial, para garantir seus direitos e atuar de acordo com a demanda individual e também situação de interesse coletivo da classe”.

    RELAÇÃO COM ACADÊMICOS – Fernando Luiz de Mendonça: “A diretoria de Relação com Acadêmicos pretende ser uma ponte entre o futuro médico e a instituição. Anualmente são quase cinco mil novos médicos no mercado em Minas. Entendemos que é função do sindicato levar a eles informações precisas sobre mercado de trabalho, remuneração, que possam ajudá-los a desempenhar de uma melhor maneira a profissão. Entendemos também como função da diretoria preparar novas lideranças para o movimento médico”.

    RELAÇÕES DE TRABALHO MÉDICO – Samuel Pires de Moraes Teixeira: “Continuar a representar o médico, de forma incansável,  sempre com excelência,  em defesa dos direitos da categoria,  por melhores condições de trabalho e dignidade”.

    RELAÇÕES INSTITUCIONAIS E ASSUNTOS LEGISLATIVOS – Flávio Mendonça Andrade da Silva: “Essas são duas áreas de suma importância para o sindicato. O tom dessa diretoria será sempre o diálogo com as entidades médicas, universidades, sociedade em geral, claro que cada um com suas diferenças, mas sempre procurando trilhar a defesa do médico. Em relação aos Assuntos Legislativos, a idéia é acompanhar os projetos em nível federal, estadual e municipal,  que possam afetar a vida dos médicos, principalmente relacionados a questões trabalhistas”.

    RESIDÊNCIA MÉDICA – Juliana Alves da Silva: “A diretoria de Residência Médica trabalha no fortalecimento e valorização da formação médica de qualidade, buscando estreitar laços com outras entidades representativas dos médicos residentes bem como com o próprio médico residente, de modo a defender que todo o processo da residência, desde a entrada até a conclusão, seja feito de forma completa e justa, respeitando as legislações vigentes e os direitos e deveres do residente”.

    SAÚDE DO TRABALHADOR – Fabíola Tatiana de Souza: “A missão da diretoria é desenvolver protocolos e promover campanhas conscientizando instituições e a categoria sobre a prevenção de acidentes de trabalho e adoecimentos no meio médico por exposição a riscos ocupacionais, visando um ambiente de trabalho produtivo, saudável e seguro para todos. Para isso, pretende estar em contato com as instituições, com os hospitais, com o CESmit –  que são os serviços especializados em medicina do trabalho dos hospitais – para promover a saúde do trabalhador”.


    SAÚDE PÚBLICA – Amélia Maria Fernandes Pessôa: “Pudemos nos últimos tempos, constatar a importância do setor de Saúde Pública para o país, além de ser um grande empregador para a categoria. São médicos que trabalham nas prefeituras, nos estados, federais, inúmeras instituições. Então, ao defender o trabalho desses médicos, incluindo condições de trabalho, remuneração, carreira, vínculos estamos lutando também que possam desenvolver uma assistência de qualidade, em condições dignas, e dar o retorno para a população que precisa tanto”.  

    SAÚDE SUPLEMENTAR – Arnóbio Moreira Félix: “Antes mesmo do início da gestão pude perceber a seriedade do Sinmed e o alto compromisso com a nossa classe. Os trabalhos iniciaram muito antes da posse. O Sinmed é plural em tudo e está em constante evolução para servir a classe médica. União, defesa profissional, empoderamento da classe e  voz ativa nas entidades reguladoras da profissão médica são algumas das nossas bandeiras. Tudo isso com uma equipe de retaguarda comprometida, competente e participativa”.

    SOCIOCULTURAL – Juliana Moreira: “A diretoria Sociocultural é responsável pelos eventos, seminários, palestras e demais assuntos que promovam a conexão com a classe médica e a sociedade. Destaco as campanhas sociais realizadas pela entidade para doação de livros, cobertura brinquedos, entre outros”.

    TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO – Humberto de Oliveira Martins:  “À frente da diretoria pretendo incrementar novas ferramentas de gerenciamento de atividades e ações, por meio de soluções de informática. Também buscarei aprimorar a produção de conteúdos, a forma de armazenamento e segurança de dados, a transmissão de informações e o acesso dos conteúdos pelos canais de comunicação. Desejamos que os médicos aproveitem tudo que o Sinmed oferece com agilidade e elevada perfomance”.

    CONSELHO  FISCAL

     Ana Cláudia Queiroz Gomes: “A função do Conselho Fiscal é garantir a transparência e acompanhar as contas do sindicato, para que esteja tudo dentro da lei, correto. É importante para o médico saber que o gasto está sendo feito de forma correta, dar segurança a todos os filiados que está tendo idoneidade na condução no gasto do dinheiro e ajudar a garantir todos os processos de melhoria, os investimentos, que tudo seja feito de forma idônea”.

    Andréa Lúcia Rezende Martins Donato: “Ser eleita para fiscalizar uma instituição representativa de nossa categoria profissional, tendo colaborado como diretora anteriormente, e conhecido a atuação responsável, idônea, transparente e ética da qual se ocupam os diretores é CUIDAR para o fortalecimento do valor dessa instituição que é a nossa casa, a casa do trabalho médico”.

    Odilon Gariglio Alvarenga de Freitas: “Participarei do Conselho Fiscal do Sinmed-MG de modo a examinar, fiscalizar e emitir opiniões, fundamentadas e construtivas, sobre as demonstrações financeiras e administrativas da entidade. Atuarei de maneira independente, isenta e transparente. Interagirei harmoniosamente com os membros do Conselho de modo a contribuirmos com a entidade”.

    José Alvarenga Caldeira (suplente): “Toda instituição que administra recursos dos  seus associados precisa de um Conselho Fiscal e esse, para funcionar bem, tem que ter responsabilidade, ética e principalmente total autonomia para averiguar, questionar e até sugerir algum processo que possa melhorar a administração. Gostaria de destacar a autonomia que o sindicato dá ao Conselho, durante todos os anos em que estou aqui nunca houve interferência da diretoria em nenhum assunto, sempre foi muito ético”.

    Renata Alves Campos (suplente): “Embasar as atitudes do sindicato, porque o sindicato fica mais transparente, com isso os médicos se sentem mais seguros  a se filiar ao sindicato, a gente ter as contas transparentes, um conselho fiscal bem transparente a gente consegue dar credbiliade ao sindicato, aumentar a credibilidade dele, a minha vontade é entrar em todas as frentes do trabalho

    Josualdo Euzébio da Silva (suplente): “As entidades médicas, fortes, unidas e coesas são muito importantes para a melhoria de uma assistência médica, e o ganho é para a população. Aceitei participar do Conselho Fiscal do sindicato para trabalhar em prol da classe médica, sabendo da responsabilidade que o cargo exige.  O Conselho Fiscal ativo, independente e atuante significa contas e ações administrativas da Diretoria avaliadas e acompanhadas. Conselho Fiscal é o responsável pela vida longa do nosso Sinmed-MG”.

    Conheça a diretoria:https://sinmedmg.org.br/institucional/diretoria/

    Acesse também o link da entrevista com o presidente  Jordani Machado: https://sinmedmg.org.br/entrevista-com-jordani-machado-gestao-democratica-participativa-com-independencia-e-intercooperacao/