Envio de denuncia

Preencha o formulário abaixo para enviar sua denuncia.



...

Home Notícias Sinmed-MG atuante: sem esclarecimento...

Sinmed-MG atuante: sem esclarecimentos de Romeu Zema em relação às declarações desrespeitosas com as entidades sindicais, sindicato aciona parlamentares da Assembleia Legislativa

12 de agosto/2020—— Entidade também já protocolou, via cartório, documento oficial endereçado ao governador

O Sindicato dos Médicos de Minas Gerais (Sinmed-MG, mantendo sua integridade e transparência como entidade representativa da categoria, continua sua atuação contra as declarações do governador de MG, Romeu Zema, em 20 de julho, referindo-se com desrespeito às entidades sindicais.

Após manifestação à sociedade, por meio de nota de repúdio e o envio de documento oficial ao governador, via cartório, o sindicato aciona também os parlamentares da Assembleia Legislativa de MG para convocação de Romeu Zema para prestar esclarecimento público acerca do que divulgado à imprensa. Além disso, o Sinmed-MG solicita uma moção de repúdio por afetar a honra objetiva das entidades sindicais, bem como por representar especial desrespeito aos profissionais de saúde, médicos e servidores do estado, vinculados às entidades sindicais.

Lembramos que o governador disse, em 20 de julho, que: “Esse pessoal, que estava acostumado com esse tipo de rachadinha, de não sei mais o quê, é que agora fica dando do contra” e, ainda, direciona-se ao servidor público, clamando: “Sejam críticos. Tem muitos sindicalistas querendo só visibilidade, querendo só polêmica, e só fala ‘você está sendo prejudicado’. É mentira”.

Nossa entidade destaca que o governador está atribuindo às entidades de defesa dos direitos da categoria a prática de crimes e favorecimentos ilícitos de natureza patrimonial. É irresponsável a fala do representante do Executivo mineiro porque desconsidera lutas importantes na preservação e conquistas de direitos para a categoria, realizadas pelos movimentos sindicais onde, a esse respeito, nossa entidade sempre esteve presente.

Num breve apanhado histórico, o Sinmed-MG sempre promoveu a defesa inafastável dos interesses dos profissionais médicos, inclusive servidores públicos, desde a sua criação, datada de 11 de julho de 1970.

Durante os últimos governos com diferentes correntes políticas, o Sinmed-MG sempre conduziu mobilizações para garantir os direitos dos médicos, como faz neste momento, sendo contrário aos Projetos de Reforma da Previdência e Administrativa, que confisca direitos e desvaloriza a carreira médica, sendo a reforma mais rígida do Brasil, prejudicando sua atuação no SUS.

Alertamos ainda que o Governo Zema pratica uma gestão com inúmeros problemas graves na área da saúde, como o fechamento de unidades de atendimento como o Hospital Galba Veloso, ausência de reposição de profissionais, provocando escalas médicas desfalcadas nas unidades de atendimento, problemas de fornecimento de medicamentos, insumos e equipamentos de proteção individual recorrentes, ausências de testes para COVID-19 e o menor investimento em saúde de todo o Brasil para enfrentamento à pandemia.

o Sinmed-MG destaca que vai aguardar o apoio dos deputados estaduais a fim de solicitar formalmente que o governador aponte as provas dos crimes que comunicou publicamente, sob risco de responder judicialmente por calúnia.

Lembramos que o sindicato preza pela transparência na defesa do médico e do cidadão, sem qualquer interesse. E em respeito aos servidores que representa não compactuamos com crimes, apadrinhamentos ou práticas de escusas de favorecimento, do mesmo modo que não endossará a retirada de direitos da categoria.