Envio de denuncia

Preencha o formulário abaixo para enviar sua denuncia.



...

Home Notícias Entrevista ao BHAZ: diretor do Sinmed...

Entrevista ao BHAZ: diretor do Sinmed-MG destaca:”sem a contratação de pessoal adequado, caso a pandemia se agrave, os respiradores não serão suficientes e poderemos enfrentar a crise com os aparelhos parados”

Em entrevista ao portal BHAZ, nesta segunda-feira, 17 de agosto, o diretor jurídico do Sinmed-MG, Maurício Meireles, que é médico intensivista, repercute declaração da SES-MG (Secretaria de Estado de Saúde) admitindo “que a falta de profissionais dificulta a abertura de novos leitos e que é preciso improvisar.

O diretor do Sinmed-MG destaca que sem a contratação de pessoal adequado, caso a pandemia se agrave, os respiradores não serão suficientes e poderemos enfrentar a crise com os aparelhos parados. “As autoridades acham que é só pôr o respirador para funcionar, e não é assim. É preciso de equipe treinada, com conduta e protocolo para abrir o leito, senão o aparelho fica lá parado. Estamos em estado de platô, sem um risco de colapso, mas não podemos baixar a guarda, senão as pessoas podem começar a morrer por falta de assistência, como vimos no Amazonas, por exemplo”, diz o médico.

Ainda de acordo com Maurício, o Estado deveria ter pensado primeiro na contratação dos profissionais. “A demanda no limite, e não tem como criar intensivistas de uma hora para outra. É uma especialidade que exige, além da faculdade, mas dois anos de especialização. Foi o que ocorreu com o hospital de campanha. Abriram uma grande estrutura e não conseguiram intensivistas para atura nos leitos de transição”, explica

Leia no PDF abaixo