Envio de denuncia

Preencha o formulário abaixo para enviar sua denuncia.



    ...

    Home Notícias Setembro amarelo: evento faz reflexão...

    Setembro amarelo: evento faz reflexão sobre saúde mental e diretora do Sinmed-MG apresenta resultado de pesquisa sobre adoecimento dos médicos

    Publicado em 14 de setembro/2021

    Neste mês em que se celebra o ‘Setembro Amarelo: prevenção mundial ao suicídio’, as entidades médicas mineiras Sindicato dos Médicos de Minas Gerais (Sinmed-MG), Associação Médica de Minas Gerais (AMMG), o Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais (CRM MG) e a Sociedade de Acadêmicos de Medicina de Minas Gerais (Sammg), em parceria com a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), realizam durante as segundas-feiras deste mês, eventos com temáticas relacionadas à saúde mental do médico, realizados de forma presencial, seguindo as normas sanitárias.

    No dia 13 de setembro, o primeiro encontro foi com a jornalista e escritora Leila Ferreira e o médico, teólogo, capelão no Moffit Cancer Center (EUA),  Mestre em Ciências da Religião e Doutor em Saúde Coletiva, Roberto Pereira Miguel, no Teatro Oromar Moreira. Com a temática, Como ser um cuidador que se cuida’, trouxe a importância de autocuidados com a saúde mental dos profissionais médicos, principalmente em tempos de pandemia.

    A diretora de Saúde do Trabalhador do Sinmed-MG, Fabíola de Souza,  representou o presidente Jordani Machado, na abertura do evento, ao lado da presidente do CRM MG, Cibele Alves; os presidentes da Sammg, Antônio Mascarenhas e  da AMMG, Fábio Guerra.

    Além disso, Fabíola também apresentou os resultados do projeto ‘O médico além do trabalho’, que aborda a saúde mental do médico; iniciativa, que tem com escopo melhorar a qualidade de vida e promover o bem estar dos profissionais, em parceria do Sinmed-MG, AMMG, CRM-MG, com apoio da AMM.

    “Precisamos de um olhar atento à nossa saúde mental pois cada vez mais os dados mostram índices elevados de adoecimento mental entre os médicos, que vem se manifestando em forma de quadros de depressão, ansiedade, alcoolismo, abuso de substâncias psicoativas, estresse e Síndrome de Burnout. Em breve, teremos a publicação desse trabalho”, finaliza.

    Crédito da foto: AMMG