Envio de denuncia

Preencha o formulário abaixo para enviar sua denuncia.



...

Home Notícias SINMED-MG ATUA EM DEFESA DA CATEGORIA...

SINMED-MG ATUA EM DEFESA DA CATEGORIA E JÁ SOLICITOU REVISÃO DO ADICIONAL DE INSALUBRIDADE NA PBH, EM 8 DE ABRIL, E DA GRATIFICAÇÃO DE RISCO DOS MÉDICOS DO ESTADO, DIA 20 DE MAIO

22 de maio/2020————–

O Sinmed-MG está se movimentando para garantir os direitos da categoria e atender as demandas dos médicos, valorizando o trabalho desses profissionais que sempre estão na linha de frente dos atendimentos, expostos aos riscos inerentes da profissão, principalmente no atual cenário de pandemia no país.

Por tais razões, o sindicato oficiou  a Prefeitura de Belo Horizonte e o governo de Minas Gerais, solicitando revisão de valores dos adicionais pagos aos profissionais de cada uma dessas esferas.

No documento já enviado à PBH, em 8 de abril/2020, o Sinmed-MG solicitou a revisão do valor do Adicional de Insalubridade para 20% do vencimento-base constante no contracheque do profissional, como forma de adequá-lo à realidade das atividades laborais dos médicos.

O sindicato reitera que o valor do Adicional de Insalubridade não é compatível com a sua característica, que obteve reajuste de apenas 3,78% nos últimos doze anos, e que, portanto, seu valor nominal atual de R$71,70 (exposição grau médio) efetivamente não correspondente a um valor ético e digno para o exercício das atividades médicas

Luta também em defesa dos médicos do estado


O Sinmed-MG também está atento aos direitos dos médicos do estado e oficiou, em 20 de maio/2020, o governo de Minas Gerais e a FHEMIG, solicitando a garantia do pagamento da gratificação de risco para as atividades insalubres de modo a tentar “compensar” os riscos de danos à saúde daquele que está exposto aos males da atividade exercida.

Além disso, requereu uma revisão das normas a fim de garantir que o benefício incida sobre o vencimento-base atual do cargo efetivo ocupado pelo servidor médico equivalente a 40% (quarenta por cento), para insalubridade de grau máximo; 20% (vinte por cento), para insalubridade de grau médio e mínimo, como forma de adequar o benefício à realidade das atividades laborais dos profissionais médicos.

O sindicato entende  que a Gratificação de Risco é verba remuneratória que visa compensar os riscos de danos à saúde do médico que está exposto aos males da atividade exercida e  o atual valor dessa gratificação não está correspondendo a um valor ético e digno para o exercício das atividades médicas.

Neste momento de pandemia, os riscos de ser médico ficam ainda mais evidentes


O Sinmed-MG também enviou, nas últimas semanas, ofícios a vários outros municípios, expondo a insatisfação dos profissionais e solicitando às administrações a revisão desses valores, de forma a adequá-los à realidade das atividades laborais dos profissionais médicos.


Os médicos dificilmente trabalham em ambiente livres de agentes insalubres e estão em contato constante com portadores de doenças infectocontagiosas, objetos cortantes e pontiagudos, além de outros agentes nocivos à saúde. A situação é ainda mais grave neste momento de pandemia da COVID-19, com grande risco de contágio e desgaste físico e psicológico dos profissionais.

Portanto, o Sinmed-MG aguarda o retorno, o mais breve possível, em relação às demandas enviadas e reafirma o compromisso de continuar lutando pelos direitos dos médicos que representa.

Sinmed-MG, 22 de maio/2020